9º Painel Pedagógico do Projeto: Formação continuada de professores

No dia 17 de dezembro de 2012 o projeto Ludicidade Africana e afro-brasileira participou do 9º painel pedagógico do projeto de extensão: Formação Continuada de Professores: Entrelaçando Saberes e Práticas Inovadoras. O evento terá como tema: "Ludicidade e Educação, Educação em Matemática e Ciências".

Em função da temática o projeto LAAB terá a coordenadora, Professora, Doutora Débora Alfaia da Cunha como a principal palestrante do encontro, que acontecerá no auditório central da Universidade Federal do pará, Campus Castanhal, pela manhã das 08:00 às 12:00; e pela parte da tarde das 14:00 às 18:00. Ao decorrer do painel outros estudiosos também irão dar sua parcela de contribuição ampliando as discursões, explorando a temática, e partilhando suas vivências com os docentes em formação continuada.

Minicurso do LAAB no III Pensando Áfricas e suas Diásporas na UFOPA

O LAAB estará realizando Minicurso sobre, "Educação e Ludicidade Africana e Afro-brasileira" no "III Pensando África e suas Diásporas" na Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP/MG.

O Evento ocorrerá nos períodos de 26, 27 e 28/09/2012

"MC9 EDUCAÇÃO E LUDICIDADE AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA:"

A oficina responde as necessidades de formação docente criadas pela legislação contemporânea, como a Resolução nº 1, de 17 de junho de 2004, que instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para a Educação das relações Etnicorraciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana.

As referidas DCNs propõem a divulgação e a produção de conhecimento, a formação de atitudes, posturas e valores que eduquem cidadãos brasileiros orgulhosos de seu pertencimento étnico racial, sejam estes descendentes de africanos, povos indígenas europeus ou asiáticos.

Nesse contexto, a oficina enfatiza a utilização de atividades lúdicas como metodologia de acesso à diversidade cultura dos países africanos e ao patrimônio sociocultural Afro-brasileiro, destacando jogos e brincadeiras que enfatizam as características valorativas, sociais e motoras da cultural corporal africana. Características estas que influenciam positivamente o patrimônio lúdico afro-brasileiro e são fundamentais à compreensão da cultura nacional e, por isso, precisam ser conscientemente trabalhadas pelos docentes no espaço escolar. Metodologicamente, a oficina se caracteriza pela vivência de atividades lúdicas de diversos países africanos, como brincadeiras cantadas e jogos de habilidade envolvendo o uso de instrumentos variados, como cordas e bastões.

As atividades são alternadas com a discussão sobre os valores afro-civilizatórios presentes na ludicidade de matriz africana. Além disso, os participantes possuem acesso a atividades lúdicas que utilizam o patrimônio afro-paraense, como o carimbó, o samba de cassete e o Banguê, permitindo aos participantes observar a diversidade e a riqueza da influência Africana na cultura brasileira.

© LAAB 2011 - Ludicidade Africana e Afro-brasileira - UFPA - Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Cláudio Freitas