Jogo Alquerque

O Alquerque é um jogo muito antigo, sendo encontrado traços de seu tabuleiro em gigantescos blocos de pedra no templo de Kurna, no Egito, construído por volta de 1400 a.C. Afonso X, rei de Leão e Castela (1251-1282) menciona o Alquerque em seu famoso livro de jogos. É um jogo em que o tabuleiro é formado por 25 casas dispostas em 5 fileiras de 5 casas cada uma, com 4 linhas ligando as casas medianas dos quatro lados consecutivamente. Cada jogador usa 12 peças. O objetivo do jogo é ganhar todas as peças do adversário ou criar uma disposição de peças no tabuleiro que impeça qualquer movimento as pedras do adversário. Movimentos são permitidos ao longo de qualquer linha, desde que haja vaga. As peças são capturadas saltando-se por cima das adversárias. Mais de que uma captura é possível em um movimento, caso exista a oportunidade de capturar uma ou mais peças oponente.
Detalhes do jogo e das regras:

1. As peças de cada jogador são dispostas em fila dupla formando um L, ficando a casa

central vazia.

2. Os jogadores se alternam na movimentação da peça sempre para uma casa vizinha, na

horizontal, vertical ou nas diagonais estabelecidas.

3. Se numa casa vizinha há uma peça do adversário, o jogador pode saltar sobre a peça do adversário, capturando-a.

4. Havendo possibilidade de continuar saltando sobre outras peças sempre uma a uma,

pode-se fazer a captura de mais de uma peça em uma mesma jogada.

5. Se um jogador não perceber a oportunidade de uma captura, e executar um movimento normal e o adversário perceber que ocorreu, poderá penalizá-lo com a retirada do tabuleiro da peça com tal chance.

6. Se houver mais de uma alternativa de captura, somente uma peça em tal condição será retirada.

7. O jogo termina quando um dos jogadores perder todas as peças, ficar totalmente bloqueado ou quando não houver mais possibilidades de capturas para nenhum dos jogadores, nesse caso haverá empate.

Clicando aqui você irá jogar Alquerque online

© LAAB 2011 - Ludicidade Africana e Afro-brasileira - UFPA - Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por: Cláudio Freitas